O homem, flutuando no redemoinho de seus problemas, cresceu com uma sensação de importância. Ele resolve problemas que lhe parecem muito significativos e difíceis. E quanto mais sério ele os trata, mais significativo ele se sente. Mas isso só vale até chegar ao espaço aberto na natureza, para poder ver a desproporção de seus problemas com o resto do planeta.

Dessa forma você parece desaparecer na sua arrogância, e a preocupação excessiva por pequenos problemas da vida cotidiana e pessoal.

Vejas as fotos a seguir e veja como você é um grão de areia em meio a natureza.

Masfield, nos alpes vitorianos, Austrália.

Uma árvore que pode manter centenas de pessoas em seus galhos.

Dolomitas, Itália.

Na Islândia, o céu está caindo.

Bedland no Parque Nacional Death Valley, Califórnia, EUA.

Shelter Cove, Califórnia, EUA.

A Ilha de Skye no arquipélago das Ilhas Internas no oeste da Escócia.

É o que se chama “chegar ao fim do mundo”.

A língua de Troll é uma borda de pedra no Monte Scieggedal, na Noruega.

Arches National Park, Utah, EUA.

No topo do mundo.

A cachoeira de Abika, Oregon, EUA.

Ícones da Islândia.

Na crista de uma onda de areia.

Caminho para o conto de fadas.

Uma casa criada por natureza feita de gelo.

Montanhas dos Gigantes, Polônia.

Sob a proteção da floresta.

Encontrando um novo dia.

Olhe para o esplendor e poder da natureza – e haverá paz. É perfeito e bonito em sua natureza primordial. Infelizmente, uma pessoa nem sempre trata com essa mesma natureza, obstrui os produtos de sua atividade vital, a esgoa, tenta refazer. Tudo isso leva a consequências negativas sob a forma de desastres ambientais.

A melhor maneira de sentir parte do universo é fazer uma viagem de caminhada solitária. Então, toda atenção será focada não nas relações com satélites, mas com o meio ambiente. Em gratidão por isso, ela irá revelar seus segredos e irá ensiná-la a se entender, tal como no livro de Paulo Coelho, The Alchemist.

Como você gasta tempo com a natureza? Escreva nos comentários e tenha um artigo nas redes sociais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here