As autoridades japonesas estão tentando identificar oito esqueletos que foram encontrados em um barco de madeira que acabou encalhou na praia em Akita, norte do país. Tal descoberta aconteceu dias após um grupo de pescadores da Coreia do Norte ser resgatado na mesma região. De acordo com a emissora local NHK, a embarcação mede cerca de 7 metros, e foi encontrada no domingo, sem a lâmina do motor e equipamentos de navegação.

Acreditem, embarcações sem tripulação ou com corpos de pessoas mortas são encontrados regularmente na costa japonesa, onde são chamados de “barcos fantasmas”. As autoridades acreditam que eles são de origem norte-coreana, já que geralmente são encontrados na costa oeste, virada para o país comunista.

Apesar do barco ter sido encontrado no domingo, apenas na segunda-feira, durante as investigações, os corpos foram encontrados, alguns reduzidos apenas aos ossos do esqueleto.

Ao longo do fim de semana, outros dois corpos foram encontrados na Ilha Sado, um deles estava com um maço de cigarros da Coreia do Norte e outros pertences com a escrita coreana.

De acordo com especialistas, o aumento repentino no número de embarcações norte-coreanas chegando à costa japonesa pode ter sido causado pelo endurecimento do embargo contra o regime de Kim Jong-un.

A Coreia do Norte pressiona o seu povo a pescar mais peixes para que eles possam lidar com a falta de alimentos — comentou Seo Yu-suk, do Instituto de Estudos Norte-coreanos, em Seul, na Coreia do Sul, em entrevista à Reuters.

Embarcações pequenas e antigas que navegam em águas distantes da costa se tornam vulneráveis às más condições climáticas, que são hostis nesta época do ano.

Durante o verão, o Mar do Japão é calmo. Mas começa a ficar agitado quando chega novembro. É perigoso quando os ventos de noroeste começam a soprar — explicou Yoshihiko Yamada, da Universidade Tokai.

Desde janeiro, 43 barcos de madeira, que autoridades japonesas acreditam ser norte-coreanos, apareceram na costa do país. No ano passado, foram localizadas 66 embarcações.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here