Não, você não leu errado. Uma proposta na câmara dos deputados pretende criar imposto sobre o vento, é a PEC 97/2015 criada pelo deputado socialista Heráclito Fortes. Na realidade, trata-se de uma proposta de emenda constitucional que determina que o vento seja estatizado e haja pagamento de impostos sobre o seu uso.

De acordo com a justificativa da proposta que você pode acessar clicando aqui, os ventos são um “recurso que pertence a todo o povo brasileiro” e, portanto, “os parques eólicos que produzem energia elétrica a partir dos ventos (…) devem gerar compensação financeira” à União.

Para viabilizar a cobrança de impostos sobre o vento, o projeto “transforma o potencial energético dos ventos em patrimônio da União, ensejando o pagamento de royalties pela sua exploração”.

O texto também determina que a renda da “participação governamental” sobre o vento “deverá ser distribuída na forma de compensação financeira aos Estados, ao Distrito Federal e aos Municípios onde ocorre a exploração da energia eólica, bem como a órgãos da administração direta da União”.

Não se sabe se essa proposta absurda será aprovada, mas como já foi demonstrado, ela existe e só pelo fato dela existir já configura uma bizarrice de proporções astronômicas. Mas e você, o que achou da existência dessa proposta? Deixe sua opinião nos comentários e escolha uma das redes sociais abaixo para compartilhar com seus amigos o que você achou disso.

[Câmara dos Deputados]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here