O pescador britânico Jeremy Wade se mostra bastante ansioso enquanto luta com esse “peixe gigante” de aparência incrivelmente assustadora.

Jeremy tem 52 anos e pegou o peixe chamado goliath tigerfish durante uma expedição de pesca até o rio Congo na África.

Jeremy tem um programa no Discovery Chanel que se chama “Monstros do Rio”.

O pescador foi forçado a segurar o peixe em comprimento de armas por medo de ser mordido por seus dentes afiados e agarrando-o para a câmera.

O peixe-tigre é um dos peixes de água doce mais temíveis do mundo e disse ser uma versão muito maior e mais mortal da piranha. O peixe gigante tem 32 dentes de tamanho semelhante aos de um grande tubarão branco e tem sido conhecido para atacar humanos e até crocodilos.

Só foi apanhado por um punhado de pescadores devido ao perigo que representa e ao fato de seu habitat ser notoriamente difícil de alcançar. Wade, o anfitrião do show dos Monstros do Rio da ITV, disse que tomou muito cuidado ao enrolar neste espécime, o qual pesava mais de 100 libras e tinha 5 pés de comprimento.

O programa de TV examina relatórios míticos de todo o mundo de seres humanos sendo atacados por monstros desconhecidos do fundo antes que o anfitrião britânico se propõe a encontrar e pegar o suspeito.

Comentando o goliath tigerfish, Wade disse:

“Este peixe não tem carga. É, para todos os efeitos, uma piranha gigante.”

“Os dentes nele são incrivelmente afiados e têm o mesmo comprimento que um grande tubarão branco”. Também tem uma mordida extremamente poderosa e tem sido conhecido por consumir presas do mesmo tamanho que ele, atacar pessoas e tirar pedaços de crocodilos. “É pensado que esses peixes atacam uma resposta reflexa a um movimento repentino ou splash.

É muito raro apanhar um, especialmente por um estranho, porque eles são encontrados em uma localização remota e difícil para chegar. Não há guias ou lodges naquela parte do rio Congo.

Wade revelou que ele usava um peixe-gato considerável como isca para o peixe-tigre e uma barra e linha de 200 lb. Ele disse que ele também se preocupou em se afastar dele até que ele estivesse com segurança na sua rede de pouso. “É um peixe muito perigoso para lidar. Se você não for cuidadoso, pode tirar o dedo com facilidade ou pior “, acrescentou.

Wade, que passou oito dias tentando pousar o peixe, disse que voltou ao rio pouco depois.

[Wanderout]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here